Jacob Collier, prodígio do jazz e aposta de Quincy Jones

Artista britânico conhecido pela versatilidade nos instrumentos está conquistando o mundo

Jacob Collier na sala dos fundos, onde ele cria suas músicas e envia vídeos para o YouTube.

Não dá para encaixar Jacob Collier em um só estilo. O artista explora o jazz, blues, acapella, folk, música eletrônica. soul, música clássica e improvisação. Jacob tem como manager Quincy Jones desde os seus 20 anos, criando suas músicas e vídeos na sua sala dos fundos.


"Você só aprende sobre isso ouvindo música e experimentando por conta própria. Para mim, é sobre sentir um instrumento. Por exemplo, recebi um contrabaixo quando tinha 14 anos. Nunca havia tocado antes, mas havia cantado partes de baixo, tocava linhas de baixo no piano, ouvia baixistas. Eu entendi como era o baixo antes mesmo de pegar um. Mesmo quando comecei a tocar bateria. Para mim, eu sabia quais sons e grooves eu queria criar, só precisava descobrir maneiras de alcançá-los. ” Jacob Collier para o "The Guardian"

O multiinstrumentalista é uma banda de uma pessoa só em suas apresentações, Jacob canta e toca diversos instrumentos em uma mesma música com energia, mostrando que a música não tem regras e atravessa fronteiras. É um daqueles artistas que transmite leveza, conteúdo músical, carisma e que se expressa por meio de notas e arranjos. Como disse Quincy Jones diretamente para o cantor: " O jazz é a música clássica do pop"


Não deixe de escutar e conhecer o Jacob Collier, ele já tem diversas parcerias com artistas como Daniel Caesar, Mahalia, Ty Dolla $ign, Kimbra e Tank and The Bangas.


"Quincy Jones me disse que o jazz é a música clássica do pop" comenta o artista em entrevista ao The Guardian


Siga a playlist na Cuco Station com o melhor do artista:






38 visualizações
whatsapp-logo-1.png
Email Branco.png

canais oficiais

Icone Instagram branco-03.png
Youtube Branco.png

™ JAZZ MANSION. All rights reserved