30 de abril

dia internacional do jazz

Nove cinebiografias de lendas da música que estão no forno

Trejetórias de artistas como Aretha Franklin, Elvis Presley, Amy Winehouse e Bee Gees devem chegar às telinhas até 2022



Uma lição que o Big Brother Brasil deixará para as gerações futuras é a importância de conhecer ao máximo a vida e o legado de seus ídolos para evitar decepções. Brincadeiras — e realities — à parte, se você gostou da ideia de se aprofundar na história de astros da música, pode recorrer ao cinema e ao streaming para isso.


Além dos títulos já disponíveis on-demand, várias cinebiografias, de artistas como Aretha Franklin, Billie Holiday, Elvis Presley e Amy Winehouse, devem estrear nos telões e nas plataformas digitais nos próximos anos.


Confira nove títulos em andamento:



Aretha Franklin

Depois de ser adiada por várias vezes por causa da pandemia de Covid-19, a estreia de Respect: A História de Aretha Franklin deve enfim acontecer em abril deste ano, com a ganhadora do Oscar Jennifer Hudson no papel principal.


O longa, escrito e dirigido pela estreante no cinema Liesl Tommy (Mrs. Fletcher, Jessica Jones e Insecure), acompanha a ascensão da carreira de Artetha desde a criança, quando cantava no coro da igreja, até se tornar um ícone da música, dos direitos civis e dos movimentos em prol das mulheres – trajetória que lhe rendeu oito Grammys e o título de primeira mulher a entrar no Rock and Roll Hall of Fame.




Billie Holiday

Intitulado The United States Vs. Billie Holiday, a biografia de Lady Day, dirigida por Lee Daniels (criador da série Empire), se concentra no período em que a lendária artista de blues e jazz foi alvo de uma operação de agentes federais com o objetivo de proibi-la de cantar Strange Fruit, de 1939, uma música-protesto contra os linchamentos de negros americanos.


O elenco destaca a cantora Andra Day (Marshall: Igualdade e Justiça) no papel principal, além de outros atores famosos como Trevante Rhodes (Moonlight), Garrett Hedlund (On the Road), Natasha Lyonne (Orange Is the New Black) e Rob Morgan (Stranger Things).



Austin Butler, à direita, foi escalado para interpretar Elvis Presley no filme de Baz Luhrman — Foto: AP

Elvis Presley

A cinebriografia de Elvis Presley, dirigido por Baz Luhrmann, de Romeu e Julietta e Moulin Rouge, vai narrar a carreira do superstar do auge aos rumores de falência até sua morte, em 1977. O Rei do Rock será interpretado por Austin Butler e seu polêmico empresário, o coronel Tom Parker, por Tom Hanks. Atualmente em fase de produção em Queensland, Austrália, o longa deve estrear em junho de 2022.



Bradley Cooper, à direita, foi escalado para interpretar a cinebiografia de Leonard Bernstein

Leonard Bernstein

A Netflix está produzindo o filme biográfico, ainda sem título oficial, do compositor e maestro Leonard Bernstein, que será dirigido e estrelado por Bradley Cooper após o sucesso de sua estreia como cineasta em 'Nasce uma Estrela'. O roteiro é de Josh Singer, de Spotlight – Segredos Revelados. A cinebiografia começará sua produção no início de 2021. O longa deve receber da Netflix uma estreia oficial em cinemas selecionados, assim como uma data de lançamento mundial no serviço de streaming.



Bob Dylan e Timothée Chalamet |

Bob Dylan

Timothée Chalamet vai interpretar Bob Dylan na cinebiografia intitulada Going Electric. A produção será dirigida pelo cineasta James Mangold (de Ford vs. Ferrari e Logan) e tem contado com total apoio de Dylan. Apesar de ainda não ter data de estreia definida, Chalamet está se preparando para o papel, frequentando aulas de guitarra.



Tyrese Gibson interpretará cantor Teddy Pendergrass em cinebiografia.

Teddy Pendergrass

O icônico cantor e compositor de R&B Teddy Pendergrass, vítima de um câncer em 2010, será interpretado nos cinemas por Tyrese Gibson, da franquia Velozes e Furiosos. Além de protagonizar, Gibson ainda será um dos produtores. Lee Daniels (Empire), Donald De Line (Jogador Nº 1) e a viúva do artista, Joan Pendergrass, compartilham a mesma função. A produção ainda não tem data de estreia.



Millie Bobby Brown revelou o desejo de interpretar Amy Winehouse em um filme biográfico. A estrela de 'Stranger Things', de 16 anos, disse que adoraria viver Amy, que morreu em 2011 aos 27 anos, nos cinemas.



Amy Winehouse

Em 2018, Mitch Winehouse, pai da falecida cantora Amy Winehouse, revelou que está trabalhando em um filme “mais verdadeiro” sobre a vida da artista do que o documentário Amy, de 2015, de Asif Kapadia. Apesar de ter despertado muitas esperanças entre os fãs da cantora, o longa ainda não começou a ser produzido e não tem data para ser apresentado ao público.


De acordo com o portal Mirror Online, Millie foi questionada sobre qual figura histórica ela mais gostaria de representar na tela e disse: “Eu não diria que ela é histórica, mas adoraria interpretar Amy Winehouse. Eu pessoalmente acho que ela é como um ícone do R&B e do blues e basicamente de toda a cultura musical. Eu simplesmente amo a música dela e realmente fui impactada por toda a sua história - então eu adoraria interpretá-la”.



O Deadline anunciou que Graham King, produtor de Bohemian Rhapsody, conseguiu os direitos para produzir uma cinebiografia do Michael Jackson


Michael Jackson

O produtor de Bohemian Rhapsody, Graham King, tem duas cinebiografias a caminho. A primeira delas contará a história de Michael Jackson. Boatos indicam que o filme abrangerá toda a vida do ícone de "Thriller", incluindo as alegações de abuso sexual recentemente exploradas em Deixando Neverland, da HBO. King obteve acesso às músicas de Jackson e John Logan (roteirista de Gladiador, Hugo, Sweeney Todd, 007 - Operação Skyfall, entre outros) também fará parte do projeto.



A trajetória dos irmãos Barry, Maurice e Robin Gibb será contada no cinema

Bee Gees

A segunda cinebiografia comandada por Graham King será sobre os Bee Gees. O grupo dos anos 70 era formado pelos irmãos Barry, Robin e Maurice Gibb, mais conhecidos pelas faixas que compõem Os Embalos de Sábado à Noite, "Stayin 'Alive" e "Night Fever". O filme sobre a Era Disco não está tão adiantado quanto o de Michael Jackson, mas a Paramount comprou os direitos da família Gibb - abrindo a possibilidade das músicas estarem presentes na produção.


38 visualizações0 comentário
whatsapp-logo-1.png
Email Branco.png

canais oficiais

Icone Instagram branco-03.png
Youtube Branco.png

™ JAZZ MANSION. All rights reserved