Documentário "Just One Of Those Things", de Ella Fitzgerald, será lançado em setembro

Com a data de estreia marcada para 11 de setembro, o documentário apresentará um olhar profundo e perspicaz sobre a vida da primeira dama do jazz


Foto: Divulgação | Eagle Rock Films | Universal Music Group

Dirigido pelo premiado cineasta Leslie Woodhead, produzido pelo romancista Reggie Nadelson e lançado pela Eagle Rock Entertainent, o longa-metragem combina filmagens inéditas com diálogos com grandes nomes do jazz e R&B como Smokey Robinson, Tony Bennett, Johnny Mathis, Itzhak Perlman, Norman Miller, o saudoso Andre Previn e uma conversa rara com Ray Brown Jr., filho de Ella Fitzgerald.


Just One Of These Things apresenta, através de uma lente íntima, Ella Fitzgerald em todos os seus momentos de triunfo e alegria, entregando uma imagem clara da mulher que Ella estava dentro e fora do palco. Conhecida como "A Primeira Dama do Jazz", seu tom sublime na entrega emotiva e nas vocalizações improvisadas supremas lançaram as bases para gerações de vocalistas.


Um pilar da história da música americana, Ella é um ícone internacional! Ganhou 13 Grammys e vendeu mais de 40 milhões de álbuns em sua carreira de seis décadas. Além disso, ela recebeu o prêmio NAACP Equal Justice, American Black Achievement Award e várias outras honrarias por suas realizações no mundo do jazz e no movimento pelos direitos civis. Uma inspiração para as futuras gerações, Ella usou seu talento e inteligência para quebrar barreiras aparentemente impenetráveis.



O The Hollywood Reporter observou que o documentário "captura a história de Fitzgerald como uma sensação certa para o balanço alegre e as profundezas sensuais de sua voz e um olhar sensível sobre as complexidades da vida como uma mulher negra que se criou sozinha nos EUA do século 20".


Sobre sua história:


Perdendo sua mãe aos 15 anos, Ella suportou a vida em escolas de reforma abusivas antes de escapar para as ruas do Harlem, sem um tostão e sozinha durante a Grande Depressão. Em 1934, ela ganhou um concurso de talentos no famoso Apollo Theatre - um momento que mudou o curso de sua vida. Em poucos meses, ela era uma estrela.



Pioneira em uma carreira próspera em meio a imenso racismo, pobreza, sexismo e críticas à imagem corporal, Ella avançou como líder de banda feminina, trabalhando com contemporâneos como Frank Sinatra, Dizzy Gillespie, Louis Armstrong e Benny Goodman. No entanto, fora dos holofotes, Ella era uma pessoa muito reservada, em conflito com a conciliação de sua imagem pública e fome de audiências apaixonadas com um anseio pela vida doméstica com seu marido e filho.


Ao longo do documentário, a história acompanha Ella enquanto ela enfrenta esses conflitos enquanto traça seu caminho revolucionário na música, além de explorar a mulher resiliente, bem-humorada e espirituosa que transformou seu passado bruto em ouro musical imaculado.



53 visualizações
whatsapp-logo-1.png
Email Branco.png

canais oficiais

Icone Instagram branco-03.png
Youtube Branco.png

™ JAZZ MANSION. All rights reserved