Dark%2520Side%2520-%2520BAIXA-64_edited_

o festival virtual

de arte & música

da jazz mansion

26, 27 28 de março

no theatro municipal de são paulo

Curta um tributo a Nina Simone em São Paulo à luz de velas

Nada mais romântico do que curtir aquele jazz gostosinho com seu crush em um concerto à luz de velas… E é justamente essa a proposta de mais uma edição do projeto Candlelight Fever, que faz um tributo à diva norte-americana Nina Simone (1933-2003)



É claro que não podem faltar hinos como “Feeling Good”, “I Put a Spell on You”, “Summertime”, “Four Women”, “I Wish I Knew”, “Mississipi Goddam”, “Young, Gifted and Black”, “Ain’t Got No, I Got Life” e “New Word Coming”, que foram eternizados por essa lenda do jazz.


E quem nos ajuda a lembrar de todos esses sucessos é a Monte Cristo Coral & Orquestra, que tem se apresentado em todos os concertos desse projeto incrível. O tributo do Candlelight Fever à Nina Simone acontece no Teatro OPUS, nos dias 20 de fevereiro e 7 e 14 de março, às 18h e às 21h, com abertura da casa 30 minutos antes de cada apresentação. Os ingressos custam entre R$73 e R$194 e já podem ser adquiridos aqui.


A cantora de jazz Nina Simone, em show de 1964 | Getty Images/VEJA

Um pouquinho de história…


Com forte influência de música clássica, gospel, pop, soul, folk e blues, Nina Simone é conhecida como uma das vozes mais importantes do jazz americano!


Seu nome de nascimento era Eunice Kathleen Waymon e ela só assumiu essa nova identidade artística aos 20 anos para poder cantar blues na vida noturna de Nova York, Filadélfia e Atlantic City, pois seus pais não aceitavam que ela seguisse essa carreira.


Mesmo tendo estudado piano clássico na renomada Juilliard School, Nina foi rejeitada ao tentar ingressar no Instituto de Música Curtis na Filadélfia por ser negra, e, então, desistiu de seguir carreira na música clássica.


Ela gravou mais de 40 álbuns entre 1958 e 1974, e, além de se destacar como cantora, pianista e compositora, foi reconhecida como uma importante ativista da luta contra o racismo e pelos direitos civis das pessoas negras nos EUA.



Sobre o evento


Candlelight Jazz transforma os locais mais bonitos de São Paulo em clubes de jazz íntimos, banhando o espaço à luz de velas para fornecer o cenário perfeito para os sons mais sublimes. Nina Simone gravou mais de 40 álbuns entre 1958 e 1974 com um estilo musical que fundia gospel e pop com música clássica. Sente-se, relaxe e desfrute de uma aula de história sobre uma das figuras mais influentes e aclamadas no mundo do jazz. Você viverá um momento mágico!


Garanta a sua segurança


O Candlelight Fever adota todas os protocolos necessários para garantir a sua segurança na pandemia do novo coronavírus. O concerto tem duração encurtada para 65 minutos e a sala de espetáculos funciona com capacidade reduzida.


Todos devem usar máscara de proteção e respeitar o distanciamento entre as pessoas – sobretudo dentro da sala. Além disso, você terá a temperatura medida antes de entrar na casa. O teatro reforça os cuidados com a limpeza e disponibiliza álcool em gel em diferentes pontos.


Se sentir algum sintoma de Covid-19 no dia da apresentação, fique em casa e procure orientações médicas. Para saber mais sobre os cuidados adotados pelo projeto, basta clicar aqui.


Serviço


Localização: Teatro OPUS

Datas: 20 de fevereiro, 7 e 14 de março

Horário: às 18h ou 21h, com abertura de portas 30 minutos antes

Duração do concerto: 65 minutos

Intérprete: Monte Cristo Coral & Orquestra

Idade: maiores de 8 anos


Programa

  • I Put a Spell on You

  • Four Women

  • Mississippi Goddam

  • Feeling Good

  • Young, Gifted and Black

  • I Wish I Knew

  • Summertime - Norah Jones

  • Ain’t Got No, I Got Life

  • Ne Me Quitte Pas

  • New Word Coming




239 visualizações0 comentário
whatsapp-logo-1.png
Email Branco.png

canais oficiais

Icone Instagram branco-03.png
Youtube Branco.png

™ JAZZ MANSION. All rights reserved