15 produções cinematográficas sobre as lendas do jazz e do blues

Espalhados em diversas plataformas de streaming, é possível encontrar filmes e documentários dos maiores nomes da música, por isso resolvemos reunir os melhores aqui



Selecionamos quinze super produções emocionantes e que fazem memória dos nomes que a gente costuma ouvir saudosamente, pensando como seria incrível vê-los nos palcos. Pensando nisso, nada melhor do que assistir as filmografias e documentários que contam a história deles ou de momentos importantes de suas carreiras.


Para descobrir em qual plataforma assistir os documentários, acesse o site ou aplicativo do JustWatch, nele é possível ver aonde as produções estão disponíveis para assistir online (no streaming), em quais plataformas dá pra comprar ou alugar.


Confira a lista com os trailers e sinopses abaixo:


1 - Miles Davis, Inventor do Cool (2019), Stanley Nelson

O documentário Miles Davis, Inventor do Cool, lança um olhar biográfico e analítico sobre a trajetória do inquieto trompetista norte-americano que, do final dos anos 1940 até sua morte, experimentou e ampliou incessantemente os limites estéticos do jazz – enfrentando muitas vezes a incompreensão e até indignação de seus pares e admiradores mais puristas ao misturar o cultuado gênero a expressões musicais então menos veneráveis, como o funk e o rock. Além disso, o documentário também conta como Miles revelou outros grandes nomes da música, como John Coltrane, Wayne Shorter, Ron Carter, Herbie Hancock e Chick Corea.


2- What Happened, Miss Simone? (2015), Liz Garbus

O documentário narra a história da cantora, pianista e ativista norte-americana Nina Simone. Com gravações inéditas, imagens raras, diários, cartas e entrevistas, o documentário constrói um retrato de Miss Simone, uma das artistas mais incompreendidas de todos os tempos na história da música.


3 - ReMastered: As Duas Mortes de Sam Cooke (2019), Kelly Duane

Sam Cooke foi um dos mais importantes cantores da história da música. Além de sua imensurável contribuição para o Soul num todo, ele lutou pelo direito dos negros nos USA nos anos 50 se tornando um ícone de seu tempo. Ele ainda perdeu o filho em decorrência de um afogamento e por fim infelizmente teve um fim trágico e misterioso com apenas 33 anos que aumenta ainda mais as discussões sobre seu nome. O documentário mostra ainda sua relação com outro nome gigante da época: ”Muhammed Ali”.


4 - Quincy (2018), Rashida Jones

Quincy narra a história do empresário, arranjador vocal e produtor musical norte-americano Quincy Jones. O documentário acompanha Quincy por três anos na estrada enquanto ele se prepara para o show de abertura do National Museum of African American History & Culture. No filme, vemos que o artista que construiu uma carreira repleta de contribuições com o jazz, o pop e o hip hop continua na ativa aos 85 de idade.


5- O Pai da Black Music (2019), Reginald Hudlin

O documentário mergulha na vida de Clarence Avant, conhecido como “The Godfather of Black Music”, em uma referência ao título original do filme “O Poderoso Chefão” (The Godfather). Mesmo não sendo conhecido pelo público em geral, Clarence é o mentor de diversos ídolos do mundo da música e da política. Hoje, aos 88 anos, ele é um dos maiores nomes do empreendedorismo negro nos Estados Unidos.

6 - I Called Him Morgan (2016), Kasper Collin

Em uma noite de neve, em fevereiro de 1972, o célebre trompetista Lee Morgan foi assassinado por sua própria esposa, Helen, durante um show em Nova York. O crime chocou a comunidade do jazz e a lembrança do evento ainda assombra aqueles que conheciam os Morgans. Nesse documentário, Kasper Collin faz um tributo à Lee Morgan e exibe uma longa entrevista dada por Helen em 1996.


7- ReMastered: O Diabo na Encruzilhada (2019), Brian Oakes

O documentário aborda a vida e a morte do cantor, compositor e guitarrista de blues Robert Johnson. Logo no início da carreira, Johnson desapareceu misteriosamente por mais de um ano. Quando voltou, mostrou habilidades impressionantes com a guitarra, surpreendendo a todos. Segundo a crença popular, ele fez um pacto com o diabo, colocando sua guitarra em uma encruzilhada. O músico morreu misteriosamente aos 27 anos.


8- A Voz Suprema do Blues (2020), George C. Wolfe

Chicago, 1927. Em uma sessão de gravação, surgem tensões entre Ma Rainey (Viola Davis), seu trompetista ambicioso (Chadwick Boseman) e os empresários brancos determinados a controlar a lendária Mãe do Blues. Baseado na peça do vencedor do prêmio Pulitzer August Wilson.


9- Cadillac Records (2008), Darnell Martin

Cadillac Records conta a história da ascensão da gravadora Chess Records, de Leonard Chess (interpretado por Adrien Brody), e dos artistas que gravaram nela, como Muddy Waters (interpretado por Jeffrey Wright), Little Walter (interpretado por Columbus Short), Chuck Berry (interpretado por Mos Def), Willie Dixon (interpretado por Cedric The Entertainer) e a fabulosa Etta James (interpretada por Beyoncé Knowles). Com uma história de sexo, violência, racismo e rock´n´roll na Chicago dos anos 50 e 60, o filme mostra as vidas turbulentas e excitantes de algumas das maiores lendas da indústria musical.


10- Get on Up: A História de James Brown (2014), Tate Taylor


O filme é a biografia do icônico cantor, dançarino e compositor. O filme retrata a vida de James Brown, desde sua infância pobre na Carolina do Sul, os abusos que sofreu e a prisão que enfrentou, até tornar-se o "pai do soul" e um dos músicos mais influentes da história.


11 - Chet Baker, A Lenda do Jazz (2015), Robert Budreau

Nos anos 1950, Chet Baker (Ethan Hawke) era um dos trompetistas mais famosos do mundo, conhecido tanto como pioneiro no panorama do jazz da Costa Oeste quanto ícone do cool. Nos anos 1960, ele estava no fundo do poço, com a carreira e vida pessoal em frangalhos devido a anos de vício. Combinando fato e ficção de forma criativa, e impulsionado pela brilhante atuação de Hawke, "Chet Baker: a lenda do jazz" se desdobra em um momento crucial nos anos 1960, quando Baker tenta a duras penas reaparecer, estimulado em parte por um romance ardente com uma nova paixão (Carmen Ejogo).


12- Bolden, A Sensação do Jazz (2019), Dan Pritzker

Bolden - A Sensação do Jazz é a cinebiografia do primeiro Cornet King de Nova Orleans, Buddy Bolden (Gary Carr). Em meio a um contexto social e político turbulento no início do século 20, Bolden foi o primeiro cornetista de Nova Orleans, grande precursor do ritmo e responsável por revolucionar o cenário musical.


13- Cairo Jazzman (2017), Atef Ben Bouzid

O apaixonado Amr Salah é um compositor e músico de jazz egípcio que tenta organizar o Festival de Jazz do Cairo; um empreendimento arriscado, não só por causa de sua experiência limitada, mas principalmente devido ao clima social cada vez mais intolerante. Este documentário de música política simultaneamente pinta um retrato atmosférico da capital egípcia.

14 - Uma tuba para Cuba (2019), T.G Herrigton

O líder da famosa Preservation Hall Jazz Band, de Nova Orleans, procura realizar o sonho de seu falecido pai de refazer suas raízes musicais até as praias de Cuba em busca da música indígena que deu origem ao jazz de Nova Orleans. Uma tuba para Cuba celebra o triunfo do espírito humano expresso através da linguagem universal da música.


15 - Samba & Jazz: Rio de Janeiro - New Orleans (2015) , Jefferson Mello

A sinergia entre samba e jazz, Rio de Janeiro e Nova Orleans. A semelhança de aspectos musicais e comportamentais de duas cidades, entrevista com músicos de samba e jazz. Um retrato de festivais populares com depoimentos, manifestação artística de pessoas, com um sentimento em comum : uma paixão pela música.


Bônus: 16 - Sinfonia Caipira (2018), Denis Nielsen

Sinfonia Caipira acompanha a viagem da banda Santa Jam Vó Alberta para Ibitipoca, em Minas Gerais, durante o festival Ibitiblues em agosto de 2017, onde os integrantes tomam as ruas da cidade em uma catártica procissão com sua fusão original de folk, baião, blues, valsas, violadas, música cigana e jazz tradicional.


141 visualizações0 comentário
whatsapp-logo-1.png
Email Branco.png

canais oficiais

Icone Instagram branco-03.png
Youtube Branco.png

™ JAZZ MANSION. All rights reserved